Michael Sullivan - Quatro décadas de sucesso!

Nome Completo: Ivanilton de Souza Lima, natural de Recife, PE.
Cantor, compositor e Produtor musical

Trajetória e o sucesso

Começou cantando na noite de Recife com 14 anos de idade. Aos 15 anos participou de alguns concursos de calouros como: "Varieté", de Nilson Lins, na Rádio Jornal do Comércio. Ganhou em primeiro lugar e recebeu o seu prêmio, a carteira profissional da Ordem dos Músicos do Brasil e um contrato com a TV Jornal do Comércio e, assim iniciou sua carreira de cantor, nos programas da emissora - "Você faz o Show", "Noite de Black Tie" e "Bossa 2" -, respondendo e se consagrando, desde então, como revelação pernambucana.

Aos 17 anos mudou-se para o Rio de Janeiro onde conheceu Hyldon (com que compôs sua primeira música em 1968), Pial (guitarrista da Black Music, trabalhou com Tim Maia), Tinho (saxofonista e arranjador, trabalhou com Tim Maia, um dos fundadores do Vitória Régia) e formaram o grupo "Os nucleares" seria sua primeira gravação no ano 1969 em vinil pela RCA.

E logo conheceu Cassiano e Tim Maia, que foram responsáveis por expandir seus horizontes na black music quando foi apresentado a Mowtown, sendo Tim Mais que o ensinou a tocar violão e gravou a primeira composição de sucesso da dulpa Sullivan e Massadas: "Me dê Motivo".

Aos 19 anos integrou o grupo "Os Selvagens" e aos 21 anos, o grupo "Renato e Seus Blue Caps" como cantor e guitarrista. Sua passagem pelo grupo Renato e Seus Blue Cpas resultou em seis discos de ouro, cuja vendagem chegou a mais de 1 milhão de discos.

Ainda no "Renato e Seus Blue Caps", Michael Sullivan iniciou sua carreira "solo" com a música "My Life" (sua segunda composição) parte da trilha sonora da novela "O Casarão", da Rede Globo. O compacto "My Life" tornou-se para o mercado fonográfico um dos mais vendidos do país, superando a marca de um milhão de cópias, o que equivalia a um disco de diamante.

Em 1978 fez o LP SOU BRASILEIRO pela Capitol com o single "Um Mundo Melhor Por Meu Filho" e em 1979 o LP Michael Sullivan pela K-Tel - queteve como single a música "Vou Fazer Você Mulher" em parceria com Paulo Coelho.

Ainda no ano de 1979, conheceu Paulo Massadas, parceiro frequente de suas composições por 16 anos. A dupla é responsável por grandes sucessos, como, por exemplo:

- Gal Costa (Um Dia de Domingo);
- Tim Maia (Me Dê Motivo, Leva);
- Fagner (Deslizes);
- Roberto Carlos (Amor Perfeito, Pergunte pro seu Coração, Meu Ciúme);
- Roupa Nova (Whisky a Go-Go, Show de Rock n Roll);
- Alcione (Nem Morta, Estranha Loucura);
- Sandra de Sá (Retratos e Canções, Joga Fora, Não vá);
- Joanna (Amanhã Talvez, Um Sonho a Dois, Promessas);
- Fafá de Belém (Amor Cigano);
- Xuxa (Lua de Cristal, Brincar de Índio, Parabéns da Xuxa, Arco-Íris);
- Trem da Alegria (Uni-duni-tê, É de Chocolate, He-Man);
- Rosana (Nem um Toque, Custe o que Custar).

De 1980 a 1986 foi integrante do grupo "The Fever's".
Em 1988 a dupla fez o disco "Sullivan e Massadas" pela gravadora BMG que teve como single a música "Dê uma Chance ao Coração" com a participação de Sergio Mendes, Germaine Jackson, Joanna, Rosana, Sandra de Sá, Fagner, Roupa Nova, Trem da Alegria, Patrícia. Disco esse bem aclamado pela crítica.

Em 1988 a dupla fez um compacto com o apresentador da Rede Globo, Fausto Silva, o "Faustão" pela Som Livre. "Do Tempo que", música da primeira abertura do programa "O Domingão do Faustão".

Em 1990 fez o disco "Sullivan e Massadas ao vivo" no teatro da SUAM, cantando sucessos da dupla pela gravadora Som Livre.

Já em 1992 dando continuidade a sua carreira solo, Michael Sullivan fez o CD "Talismã" sucesso de crítica na sua trajetória solo.

O seleto "hall" de sucessos rendeu à dupla um recorde, que foi publicado no Guiness Book, indentificando-a como "a dupla de compositores que mais gravara músicas, vendera discos e colocara nas paradas de sucessos, o maior número de música num curto espaço de tempo".

Seguindo em 1993, Michael Sullivan foi convidado a trabalhar e morar nos Estados Unidos - Los Angeles e Miami - para ali compor e produzir nomes como Ricky Martin, Chayanne, Ana Gabriel, Menudos, Chicos de Boulevart, Yuri, Robi Rosa e Michael Sambelo, entre outros.

Em 1994, a dupla "Sullivan e Massadas" se desfez.

No ano seguinte, 1995, a gravadora Warner Music lança o cd Michael Sullivan.

Então, no ano de 1998, Michael Sullivan teve a oportunidade de voltar à sua origem e fazer um cd de Black Music, com a participação de Cassiano, composições de Hyldon e uma homenagem ao seu professor Tim Maia, no cd "Caminhos do Coração", gravadora Som Livre. Esse foi sucesso de venda e crítica e teve a canção "Coração Vazio" como parte da trilha sonora da novela da Rede Globo "Corpo Dourado".

Por todas essas décadas de sucesso, em 2003, Michael Sullivan, já no Brasil, lançou o cd Duetos, com grandes vozes como: Simone, Alcione, Sandra de Sá, Tim Maia, Fafá de Belém, Fagner, Joanna, entre outros pela gravadora Sony Music, procurando sintetizar toda a sua obra e assim fechar um ciclo de quatro décadas de sucessos.

Em 2007, Sullivan se fixa e rebusca seu lado sempre Black com o novo cd Sullivan "Pernamblack" com composições em parceria com Carlinhos Brown, disco que foi lançado pelo seu novo selo independente "Graffite Music".

Os Números

Sullivan alcançou o topo das paradas de sucesso em 60 países no mundo inteiro, incluindo as Américas, a Europa e o Oriente.

Como produtor, vendeu mais de 60 milhões de discos no Brasil e em toda América Latina.

As conquistas de Sullivan foram aumentando e ficando cada vez mais significativas no mercado brasileiro. Pelo merecido sucesso, suas músicas foram temas de 30 novelas, como: "O Casarão", "Locomotivas", "Transas e Caretas", "Um Sonho a Mais", "Roda de Fogo", "O Outro", "Bambolê", "Sassaricando", "Bebê a Bordo", "Carrossel", "Pedra sobre Pedra", "De Corpo e Alma", "Corpo Dourado", "A Lua Me Disse", "Cobras e Lagartos", entre outras.

Em especial, Sullivan obteve um êxito tão grande quando suas canções se direcionavam aos corações infantis, através de Xuxa, Trem da Alegria, Angélica, Palhaço Bozo, TV Colosso, Família Dinossauro, Mara Maravilha, He-Man, Thundercats, Cavaleiros do Zodíaco, Trapalhões e outros personagens e personalidades como Renato Aragão com a música "Amigos do Peito", tema do Criança Esperança e da UNICEF. Obteve-se então o resultado de aproximadamente 350 músicas infantis.

Com toda essa história e 1200 cancões gravadas, Sullivan concorreu a todos os grandes prêmios mundiais, conquistando indicações, o reconhecimento de sua obra. Atingiu o ápice da qualidade artística a que um artista, e mesmo um homem pode chegar a sonhar. Sintetizando assim, essa vida de aplausos de Sullivan e essa história de sucessos, com a parada brasileira das 100 músicas mais executadas anualmente ao longo de 30 anos no Brasil, ou seja, parada essa que é uma constante do trabalho e brilhantismo do cantor, compositor e produtor musical Michael Sullivan.

Curiosidades

  • O nome "Ivanilton" não combinava com a moda vigente na metade dos anos 70. O nome "Michael Sullivan" foi escolhido a dedo numa lista telefônica de Nova York.
  • O irmão de Michael Sullivan, Leonardo Sullivan, também é cantor e compositor e um de seus sucessos é a música "Memórias", interpretada por Fafá de Belém, cujo álbum "Atrevida" chegou à marca de meio milhão de cópias vendidas, além de vários outros hits. Leonardo fez parceria com Michael Sullivan na música "Meu Dilema", gravada também pela cantora Fafá de Belém.
  • Um tio de Michael Sullivan que se chamava Luís "Pinguin", baterista e cantor, recebeu com honra o nome da primeira bateria brasileira "Pinguin" que existe até hoje.
  • Os sobrinhos de Michael Sullivan, Chrystian Lima e Ivo Lima são produtores e compositores de diversos grupos de Forró do Nordeste com vários suscessos, além de comporem também para a Banda Paraense "Calypso"
  • Toda a família de Michael Sullivan é musical e não será surpresa se outros integrantes também seguirem carreira.